Português (Brasil)English (United Kingdom)
Meio Ambiente
Projeto em total harmonia com o meio ambien..
Tecnologia Care
Uma nova concepção de turbina com a função de gerar energia elétrica..


Fatores Econômicos

Custos comparativos CARE e outras Hidroelétricas

Considerações Sociais
Prover o mundo com uma fonte de energia limpa.

Reportagem CNN

Animação - Português BR

Tecnologia CARE

E-mail Imprimir PDF

Fazem parte desta estrutura, mancais de concreto os quais são montados nas margens do rio. Em alguns casos e de acordo com a largura do rio são montados mancais intermediários respeitando espaçamentos impostos pelas dimensões das turbinas. Cilindros hidráulicos são montados na parte superior destes mancais e tem a função de suportar todo peso do conjunto de uma até três turbinas na posição de operação ou em ocasiões que se fazem necessárias a elevação parcial ou a retirada de todo sistema de dentro do rio liberando toda a seção transversal do rio. (Vejam as figuras de 1 a 5 que simulam as turbinas deslizando sobre os mancais fixos até a posição de inicio de operação).

Quando as turbinas estão na posição de operação se apóiam na estrutura de concreto montado abaixo da superfície do leito e disposta na seção transversal do rio onde ocorre momentaneamente uma redução na área transversal de passagem da água do rio, conseqüentemente, uma frenagem natural da água corrente irá ocorrer. Como o fluxo de água do rio é continuo, a água se acumula em frente às turbinas até atingir a altura da estrutura das turbinas transpondo-as e dando continuidade no percurso inicial.

Com o acumulo de água em frente às turbinas é formada uma coluna de água com altura igual à altura da estrutura das turbinas. Sobre esta estrutura é montada uma chapa defletora que auxilia na regulagem da altura da coluna de água e nos permite ajustar a velocidade do rotor da turbina além de criamos também uma diferença de potencial.


O volume de água passante por esta abertura é pré-definido em projeto e sofre um aumento de velocidade proporcional a altura da coluna de água. Este volume exerce uma força hidráulica perpendicular sobre as superfícies das pás flexíveis montadas sobre o eixo do rotor da turbina. A pressão exercida por este volume é transformado em momento de força dando inicio ao movimento de rotação do rotor.

A área de passagem do volume de água pela comporta de fluxo da turbina é calculada para atingir o torque máximo do gerador elétrico. A intensidade da carga hidráulica esta diretamente relacionada com a vazão que o rio nos fornece. Cada rio possui uma vazão e em função desta vazão é dimensionada esta área de passagem. A carga hidráulica atuante sobre as p

ás deve ter intensidade para se obter um momento de força ou um momento de torção igual ou superior ao exigido pelo gerador elétrico a plena carga. Antes que ocorra esta transformação é necessário conciliar a rotação do rotor da turbina com a velocidade da água passante e o torque necessário exigido pelo gerador.

Um sistema de elevação através de cilindros hidráulicos nos permite retirar de dentro d’água todo o conjunto de turbinas, caso haja excesso de volume de água principalmente nos períodos chuvosos ou quando houver necessidade de inspeção, manutenção preventiva ou corretiva. Com esta operação liberamos totalmente a área de fluxo do rio e seus componentes.

É perfeitamente viável instalarmos vários sistemas de turbinas, um após o outro no sentido longitudinal do mesmo rio, desde que respeitado uma única exigência que é a distância mínima de instalação entre um sistema e outro. Esta distância permite que a água do rio que passou pelas pás do rotor da turbina e sofreu uma intensa oxigenação, volte a ter as condições anteriores à passagem pela turbina.

As colunas de água formadas em frente às turbinas variam de acordo com o equipamento a ser instalado, podendo ser o modelo para rios de menores vazões ou maiores vazões. Para cada caso uma analise especifica deve ser feita. A capacida

de de geração está diretamente ligada à vazão e às dimensões do rio onde será instalada, mas a potencia de geração de energia elétrica inicialmente será múltiplo de 167 kWh que é a potencia do gerador.



OBS.: Outro gerador com potencia de 315 kWh em breve poderá ser utilizado.